Política e Terror

E se o erro fosse dos Estados Unidos?

Opinião
  • "Obama bombardeou todos os dias um país do mundo, durante seus 8 anos de mandato. Matou centenas, mas ganhou elogios e Nobel da Paz. Trump assinou acordo de paz e matou um terrorista genocida, foi chamado de assassino. ( Será que estamos em uma guerra cultural dos ignorantes e Marxismo? )

E se o “erro humano” fosse de Donald Trump?

Após os Estados Unidos matar 1 genocida, em resposta, Irã abateu avião ucraniano, matando 176.
( e para somar, em um enorme tumulto no enterro do terrorista genocida,  ao menos 50 mortos )

O que a imprensa, a comunidade internacional, as ONGs, os artistas, o Papa estariam dizendo, sobre Trump, se o míssil fosse americano.

É esse país, que comete “erros imperdoáveis”, que declara publicamente ter como objetivo a destruição do Estado de Israel e que, durante o bombardeio às bases americanas, errou um alvo por 33 QUILÔMETROS, que quer desenvolver um programa nuclear, com o apoio dos progressistas mundiais.

Não sei se o posicionamento da esquerda é somente burrice ou se tem algum desejo oculto de autodestruição.

Nem Freud explica.
“Não há inimigo insignificante.” (FRANKLIN, Benjamin)

Etiquetas
Mostrar mais

Mônica dC

WEB DESIGNER, ASSESSORA DE MARKETING DIGITAL & SEO. Assessoria para Empresas, Autônomos e Profissionais Liberais. *** No dia 2 de janeiro o portal dMix Brasil foi reativado e está passando por reformas. Agradeço por entender ao ver artigos antigos, desatualizados e sem imagens. Com a dedicação ao trabalho, muitas vezes não sobra tempo para esse hobby que tanto gosto, de selecionar publicações de assuntos que me interessam

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
EnglishFrançaisDeutschItalianoPortuguêsEspañol
Fechar
Fechar