Bolsonaro tentou demitir Roberto Ferreira Dias

BOLSONARO TENTOU DEMITIR O DIRETOR ACUSADO DE PEDIR PROPINA AINDA EM OUTUBRO DE 2020, MAS FOI PROIBIDO POR DAVI ALCOLUMBRE (CENTRÃO), ENTÃO PRESIDENTE DO SENADO

Quem é o Diretor acusado de pedir propina e de fazer rolos com contratos na pandemia?
Ele se chama ROBERTO FERREIRA DIAS.
De que buraco esse cara saiu? Como ele teve acesso ao Presidente Bolsonaro?
Ele é cria de políticos do Centrão e chegou ao governo Bolsonaro por “indicação política” (leia-se imposição) do Centrão.
É isso mesmo que você leu.
O Centrão chega, encosta e exige. Caso o presidente não jogue com as cartas que lhe são postas, nada mais tramita no Congresso também. Aí o governo para. É simples assim.
E o Bolsonaro fez o que com esse cara que o Centrão levou pro governo dele?
Bolsonaro não sabia o que fazer com ele e o jogou no colo de outro peixe grande do Centrão, que também havia entrado para o governo “na marra”, LUIZ HENRIQUE MANDETTA (lembra dele?)
E o que fizeram com ele lá na saúde ?
Colocaram ele no cargo de Diretor de Logística do Ministério da Saúde.
E o que ele fez de tão errado que a mídia tá falando tanto o nome dele, chamando de vagabundo e várias coisas?
São TRÊS merdas envolvendo diretamente o nome desse tal Roberto, a saber:
Merda 1:
Primeiro, em 2020, ele foi acusado de assinar um contrato cheio de irregularidades para a compra de 10 milhões de testes de covid. Dinheiro que não foi gasto graças aos bons servidores da saúde, que denunciaram o caso ao TCU e o contrato foi suspenso.
Foi aqui 👆, exatamente neste momento que Bolsonaro mandou demiti-lo, cuja demissão foi assinada e levada para publicação no Diário Oficial da União. No entanto, esse também foi o exato momento que o DAVI ALCOLUMBRE, ex-presidente do Senado, encostou em Bolsonaro e o avisou: “Não demite nosso cara do Centrão não. Fica quieto aí na sua que vai ser melhor pra você, parceiro”.
Bolsonaro recuou e demitiu apenas dois peixes pequenos, mas o Roberto foi salvo. Escapou!
Merda 2:
Depois da Merda 1 ele se envolveu em um caso pitoresco (ridículo, piada), para aquisição de 400 milhões de doses da vacina AstraZeneca. Mais uma vez os bons servidores da saúde checaram a negociação e descobriram que o cara que tava querendo vender as 400 milhões de doses ao Brasil era um lunático chamado Luiz Paulo Dominguetti Pereira e que a empresa dele, chamada Davati Medical sequer tinha autorização da AstraZeneca para fazer negociações da vacina.
A negociação estava tramitando nos bastidores entre o tal empresário Dominguetti e o tal Diretor Roberto (Centrão Paraná). Mais uma vez os bons servidores da saúde interceptaram a treta e impediram mais uma negociação nebulosa na diretoria do tal Roberto. A casa caiu para o empresário lunático, o tal Dominguetti, que foi tocado de dentro do Ministério da Saúde aos chutes na bunda. O Roberto falou aos servidores que “não sabia de nada” e que “nossa, ainda bem que vocês descobriram o rolo a tempo”. Ou seja, escapou de mais uma, pois não deu tempo de se lambuzar bastante desta vez.
Merda 3:
O irmão do Deputado Luís Miranda revelou na CPI que o tal Roberto ficou pressionando pelo contrato da Covaxin, querendo que a importação fosse logo liberada, mesmo que as notas fiscais (invoices) ainda estivessem com vários erros a serem corrigidos. O tal Roberto teria ficado enchendo o saco dos servidores da saúde para liberar logo a importação…
Mas se esse cara é um suposto vagabundo, conforme a imprensa está descrevendo agora, então quem enfiou esse tal de ROBERTO FERREIRA DIAS na goela do Bolsonaro?
Quem “indicou” (leia-se: exigiu) foi o Centrão e quem levou pessoalmente o nome dele para o presidente foram dois deputados do Centrão do Paraná:
1) Ricardo Barros (PP do Paraná)
2) Abelardo Lupion (DEM Paraná)
🔥💣
Agora perceba as conexões dos nomes citados até aqui:
Roberto Ferreira Dias: Diretor polêmico, cria do Centrão, indicado por 2 deputados paranaenses também do Centrão e que agora está sendo acusado pelo tal Dominguetti (o lunático que tentou vender vacinas sem autorização) de ter pedido propinas na negociação da AstraZeneca que ele nem tinha para vender ao Brasil.
Mandetta: precisa fazer algum comentário?
Davi Alcolumbre: Precisa dizer alguma coisa?
Deputado Ricardo Barros: perceba uma coisa desse cara aqui, além de ser o deputado do Centrão que levou o tal Roberto para dentro do governo, também é o cara que o Centrão empurrou goela abaixo do Bolsonaro para ocupar a função de líder do governo na Câmara. Pode uma merda dessa infiltrada? Pois é, esse é o sistema do Centrão. Ou deixa os caras entrarem ou eles trancam tudo na Câmara e o governo não anda mais.
* Vergonha Nacional dos Deputados Paranaenses ☝🏻☝🏻☝🏻*
Agora aguarde os próximos capítulos…
Fonte
Rede Social
Mostrar mais

Mônica dC

Todas as publicações aqui postadas são copiadas. Nenhum material é de autoria própria. As matérias são captadas em sites de total credibilidade, contra Fake News. Todo o perfil desse site é particular e independente, um hobby apenas, com o conteúdo selecionado por uma única pessoa, que é Politicamente Incorreta, Robô com CPF e Capitalista. Na categoria "Manifesto" - são opiniões alheias, publicadas por DIREITO e, muitas vezes, uma obrigação, como cidadão, como patriota.Mônica dC by Virtual2Go. WEB DESIGNER & ASSESSORA DE MARKETING DIGITAL. SEO Especialista.
Botão Voltar ao topo
EnglishFrenchGermanItalianPortuguese