Política e Terror

Bach, Mozart e Beethoven censurados

A Universidade de Oxford considera retirar partituras clássicas de Beethoven, Mozart e Bach

Histórias em Destaque
  • Tempos sombrios, que nós divide , nos polariza sem nossa permissão!

A Universidade de Oxford considera retirar partituras clássicas de Beethoven, Mozart e Bach dos cursos de música por serem “muito coloniais”. Impulsionado por movimentos identitários como Black Lives Matter, professores devem reformular seus cursos para evitar repertórios que incluam compositores brancos. O argumento utilizado é que a ausência de diversidade e o foco do repertório atual centrado na “música europeia branca” causa “grande sofrimento aos estudantes negros”. O mesmo corpo docente também questionou se o currículo atual era cúmplice da “supremacia branca” e sugeriu ainda que certas habilidades de música clássica – como tocar piano e reger arranjos orquestrais – não deveriam ser exigidas, visto que elas “centralizam estruturalmente a música europeia branca”. Alguns outros professores reagiram negativamente às propostas, argumentando ser um absurdo achar que compositores clássicos criaram suas obras preocupados com a cor da pele.

Opinião de uma internalta
A que ponto não chega os absurdos de nosso triste tempo!!!! Será que a “arte” se identifica com a cor de quem a representa? Que ridículo esse pensamento, sobretudo vindo de uma entidade como a Universidade de Oxford. Que nojo eu tenho desse nosso tempo que nós divide , nos polariza sem nossa permissão!

Fonte
Redes Sociais
Mostrar mais

Mônica dC

WEB DESIGNER & ASSESSORA DE MARKETING DIGITAL. SEO Especialista - Criação de Website, E-Commerce e Logística, Redes Sociais, Aplicativos Mobile, Hospedagem Virtual, Email Marketing, Streaming de Áudio (sua Rádio Online) e Atendimento ao Cliente. Assessoria para Empresas, Autônomos e Profissionais Liberais.
Botão Voltar ao topo
EnglishFrenchGermanItalianPortuguese